.relógio

.pedaços recentes

. Alucinação - Parte II

. Alucinação - Parte I

. Um par de sapatos - Parte...

. Um par de sapatos - Parte...

. Um elo invisível

. Efeito borboleta

. Às vezes o escuro basta

. Campanha de Incentivo à L...

. Simple things...

. Ir com calma...

. Cliché

. Anzol

. Closure

. As if it was always the f...

. A espera

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2014

. Março 2014

. Outubro 2013

. Julho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.aqui e agora

hit counters
Quarta-feira, 19 de Novembro de 2008

Línguas de fogo

 

(imagem tirada da net)

 

Hoje… hoje senti-me verdadeiramente pertença tua…

 

Hoje deixei por momentos de habitar no meu corpo e passei a sentir-me parte de ti, da tua alma… numa verdadeira união de duas partes com um encaixe perfeito.

 

Hoje o mundo desapareceu… ficámos apenas duas partículas de luz, de um sentimento puro, com uma forma e uma cor que nem o olhar mais penetrante conseguiria alcançar. Apenas tu e eu, num olhar fixante, intenso, conseguimos enxergar as mil e uma cores e formas fugazmente mutáveis desse sentimento novo… apenas tu e eu chegámos ao ponto mais quente e brilhante desse lugar, ao centro dessa bolha de luz que se cria quando a minha energia encosta na tua. Quase que sinto as faíscas, as línguas de fogo que exalam do espaço infinitamente pequeno que resta entre a minha alma e a tua quando nos tocamos…

sinto-me:
música: NIN - Everyday Is Exactly The Same

by anamar às 22:35

link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De Draco a 22 de Novembro de 2008 às 16:51
Percebe-se perfeitamente o sentimento subjacente a este post! Miúda, estás in love e esse facto consumou-se num texto lindo como este.

Beijão grande


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Fases da Lua

CURRENT MOON

.favorito

. A energia de um sorriso.....

. Línguas de fogo

. James Carrington - "Ache"

. Numa caixa de papelão

. Viagem no teu pensamento

.outros pedaços

blogs SAPO

.subscrever feeds