.pedaços recentes

. Alucinação - Parte II

. Alucinação - Parte I

. Um par de sapatos - Parte...

. Um par de sapatos - Parte...

. Um elo invisível

. Efeito borboleta

. Às vezes o escuro basta

. Campanha de Incentivo à L...

. Simple things...

. Ir com calma...

. Cliché

. Anzol

. Closure

. As if it was always the f...

. A espera

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2014

. Março 2014

. Outubro 2013

. Julho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

Segunda-feira, 26 de Novembro de 2012

Um vício sem nome...


(fonte: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=440285129367438&set=a.157887454273875.40645.157842324278388&type=1&theater)

 

Às vezes, descobrir uma boa música é quase como ficar apaixonado.


No pensamento habita apenas aquele som que não deixa espaço para mais nada, num 'loop' sistemático e embriagante. Provocando picos de serotonina, correndo nas veias, é levado ao coração e acelera-lhe o compasso.

 

Num ritmo desacertado, a química e a física misturam-se numa melodia cardíaca que faz sorrir cada célula do corpo. Na barriga nascem borboletas, nos olhos nascem rios e nas palmas das mãos a vontade de apanhá-la, como quem segura uma fada entre os dedos e tem medo de apertá-la.

 

Quando termina, fica a saudade, aquele sabor a pouco e a vontade de regressar no tempo. O efeito no corpo esmorece daquilo que o corpo já não esquece. Um verdadeiro vício sem nome...


by anamar às 19:31

link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De coracaodementa a 26 de Novembro de 2012 às 20:24
as tuas palavras expressam o que realmente se sente quando se ouve uma boa música... Parabéns pelo blog :)


De anamar a 26 de Novembro de 2012 às 21:16
Obrigado, coracaodementa! Obrigado pelo comentário, por teres passado por aqui, mas mais que isso, obrigado por teres gostado. Serás sempre muito bem-vinda neste espaço. ;)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.favorito

. A energia de um sorriso.....

. Línguas de fogo

. James Carrington - "Ache"

. Numa caixa de papelão

. Viagem no teu pensamento

.outros pedaços

blogs SAPO

.subscrever feeds